"Epaminondas Nogueira Advogados - desde 1965 - Mogi das Cruzes - São Paulo - São José dos Campos - Trabalhista - Civil - Familia - INSS"
EpaminondasNogueira-Logo
Menu
Título: A RIDICULARIZAÇÃO DO DIREITO
Data: 11/Fevereiro/2014 Local: O Diário de Mogi

De todas as fogueiras ateadas pelas hordas de vândalos que estão destruindo a ordem publica, sem duvida alguma, a mais danosa e desgraçada é a ridicularizarão do Direito.

Do direito em todos os sentidos da palavra; do elementar direito de ir e vir, do necessário direito-dever de trabalhar, do direito de propriedade, do direito à segurança física e moral, do direito à dignidade de homens, mulheres, crianças e idosos.

Toda a estrutura jurídica do País está posta em cheque.

Agora, a esta altura, ninguém mais pode ter a ilusão de que essa desestruturação do estado de direito cessará por bem, pela livre conversão dos malfeitores.

Não, isso não pode ser admitido.

O movimento desencadeado contra a ordem pública deve ser enfrentado já com todos os instrumentos legais existentes e na insuficiência ou ineficácia deles com a simples força bruta até que reflua.

Nunca será demais lembrar que a ordem pública é a base sobre a qual está edificado o estado e todo o direito.

- Até quando a parte sadia da população terá que conviver com esses criminosos, com a parte podre?

- Até quando se esperará para se fazer a indispensável e já tardia amputação desses criminosos?

- Até quando se prenderá policiais, se aconselhará a passividade das vítimas e se assistirá inerte a destruição do País?

A palavra das autoridades sobre providências legais não inspira mais ânimo às vítimas e nem respeito e temor aos criminosos.

O direito se transformou numa farsa que vemos como se assistíssemos uma obra teatral, uma obra de ficção em que todos os atores e a plateia sabem que nada é sério, que não tem conteúdo jurídico.

O direito se dissociou do império, se descaracterizou, perdeu a sua essência.

Os marginais mandam e desmandam. A população lhes agradece quando pode sobreviver à sua sanha.

O estado não pode deixar de socorrer o povo vítima e não pode compactuar com os malfeitores que atrás das cortinas movimentam as suas marionetes nas ruas agredindo uns, destruindo os bens de outros, sem escorregar para a vala das ditaduras.

O estado está, pois, posto em cheque. Para salvá-lo urge que todas as esferas de poder se concertem e ajam com sinceridade, inteligência, rapidez e instrumentos eficazes contra a desordem.

Se isso não for feito, ao invés de ônibus, será incendiada a República, a unidade nacional, a soberania. Era para ontem a nossa reação...

É permitida a reprodução parcial dos textos, condicionada a menção da fonte, onde deve obrigatoriamente, constar o seguinte: Fonte: Epaminondas Nogueira Sociedade de Advogados, desde 1965.

 

#epaminondas #epaminondasnogueria #epaminondasadvogado #advogado #advoagdosp #advogadosaopaulo #advogadomogi #advogadomogidascruzes #advogadosaojose #advogadosaojosedoscampos #advogadosjc #advogadovaledoparaiba #advogadostrabalho #advogadostrabalhista #advogadoprevidencia #advogadoprevidenciario #advogadocivel #advogadofamilia
Curta nossa página do Facebook Facebook
EpaminondasEndereco
Contato Livros Artigos Consultas Escritorios AreasAtuacao Advogados QuemSomos